terça-feira, 26 de maio de 2009

Alex Reis escreve sobre Zé Rodrix

"Amigos internautas e bateristas,

É com profundo pesar que, a pedido do querido André Carvalho, venho aqui escrever algo sobre o falecimento de Zé Rodrix.

Recentemente gravamos uma matéria para o site, na qual falo sobre o novo trabalho do trio Sá, Rodrix & Guarabyra, com quem tenho a honra e o prazer de trabalhar. Nosso querido Zé morreu sexta, 22/05. Para quem desejar saber mais detalhes, sugiro acessar os sites de notícias.

Quero aqui falar sobre a lacuna que Zé Rodrix deixa no cenário artístico brasileiro e mundial. Exatamente uma semana antes de seu falecimento, fizemos um show no 5º Salão do Livro em Palmas (TO). Foi um show maravilhoso e todos estávamos muito felizes. O Zé fez uma belíssima apresentação e estava muito feliz e satisfeito com tudo e todos. Na viagem, me contou que estava se sentindo super bem e falou do novo livro que estava escrevendo.

Aprendi com ele que ninguém é substituível, que todos tem seu valor e algo a acrescentar. Zé Rodrix era um mestre e estava em plena atividade, compondo, tocando, cantando, escrevendo, produzindo, articulando, ministrando palestras sobre seus livros e demais assuntos, e nos mantendo ativos, contagiados pela sua vibração.

Deixo abaixo alguns links de vídeos do show 'Passado - Presente - Futuro', que fizemos na Virada Cultural em São Paulo. Junto com o trio, além de mim, tocam também Pedrão Baldanza, Webster Santos, Tigo Costa e orquestra.

Paz a todos,

do amigo Alex Reis".

"Ama teu vizinho como a ti mesmo"

"Primeira Canção da estrada"

"Zeppelin"

"Casa no campo / Caçador de Mim / Espanhola"

"Juriti Butterfly"

Nenhum comentário: