segunda-feira, 13 de julho de 2009

Festival Musical de Inverno Bateras Beat Santos

Aconteceu sábado, 11/7, o primeiro de três workshows do Festival Musical de Inverno Bateras Beat Santos. Apesar da chuva que insistiu em cair durante todo o sábado, muita gente esteve presente no Estúdio G para ver Michelle Abu, Fernando Faustino e Renatinho Trielle quebrando tudo.

O primeiro no palco foi Fernando Faustino, professor do Bateras Beat de Santos e muito respeitado na baixada. Ele tocou em cima de playbacks de temas clássicos da bateria, incluindo Rush, Dream Theater e uma música de Simon Phillips, e falou sobre a importância de manter uma rotina de estudos.
















Logo em seguida, Michelle Abu veio mostrar toda a experiência e diversidade de sua música. Natural de Salvador, onde sempre estudou e trabalhou com os ritmos tradicionais, ela já tocou na turnê do acústico do Ira! e nas bandas de Margareth Menezes e Wanessa Camargo. Hoje ela toca rock instrumental com o Menáge, na banda de Edgar Scandurra, Benzina, e mostra seu lado compositor com a guitarra no Reféns.

Sábado, ela começou na bateria, fundindo ritmos brasileiros e muito rock'n'roll.

















Passou para o zabumba com a propriedade de quem já tocou muito nas festas de São João do Nordeste.

E ainda atacou nos atabaques, mostrando fluência e musicalidade.






















Logo em seguida, subiram ao palco Renatinho Trielle, da banda Mekanica, e seu parceiro e tecladista Téo. Juntos com Michelle, fizeram uma verdadeira jam session de improviso, muito musical e livre.

















Para encerrar a tarde, o Grupo de Maracatu Sem Pantim mostrou um pouco do Brasil "que o Brasil não conhece", e também contou com a participação de Michelle.
















Aguardem: dia 25/7 tem Dino Verdade e Xande Tamietti, e em 1/8 Jean Dolabella e Augusto Nogueira mostram o som do Indireto.

Um comentário:

Wolney disse...

Foi sensacional, D+, eu estive lá rsrsrsrsrs