sexta-feira, 7 de agosto de 2009

O Baterista de mau-humor

Aqui estou eu, sem postar há alguns dias, mas com uma boa justificativa: quebrei o braço num tombo de escada. Mas tranquilizem-se, não foi nada de mais. Uns quinze dias com o braço na tipóia e tudo se resolve.

A desvantagem, nesse período, é que só postarei quando aparecerem situações realmente interessantes, ou quando o bom humor permitir (ou seja, esperem sentados: sem tocar o bom humor vai pro quiabo).

Daí, se você está em Florianópolis e não tem nada pora fazer AGORA (11:30), vá pro Bosque da UFSC que às 13h o Cravo-da-Terra vai tocar, e você poderá acompanhar o trabalho de Rodrigo Paiva, grande batera e percussionista do grupo, que já esteve nos vídeos do site.

É de graça, não dá pra perder!

Um comentário:

Aldo disse...

Bah! Eu sei o que é ficar engessado. Não quebrei, mas fiz uma cirurgia na mão que me deixou dois meses com o braço pendurado. Mas, mesmo assim, ensaiei e toquei. Dá uma olhada num trecho gravado, em que toco com um só braço: http://www.youtube.com/watch?v=LPiybuELAhI.