terça-feira, 27 de outubro de 2009

Lembrando o "vovô" Chumbinho

Algumas coisas são maravilhosas para nós, que fazemos o site www.OBaterista.com, e esta é uma delas. Recebi estee-mail pelo contato do site, endereçado ao Pércio Sápia. Reproduzo aqui alguns fragmentos, e quero agradecer ao André Rodrigues Bottura pelo e-mail. Foi um verdadeiro alimento para nossas almas.

"Olá Pércio

Aqui quem te escreve é André Rodrigues Bottura, neto do seu mestre Chumbinho! Sou filho da Denise, hoje moramos em Curitiba (...). Tenho 21 anos e meu irmão Felipe de 24 anos, que sempre tocou bateria! (...) Como meu avô faleceu cedo, não tive tempo de ter a consciência do quão ótimo baterista ele era, talvez por causa da idade nunca me interessei muito pelo estilo musical que ele tocava (...). Só que eu estou começando a abrir os olhos pra outros estilos e depois de ouvir um album que ele gravou, 'Dois e Ela', de 1966, estou começando a gostar tbm de samba, jazz, um blues! (...) Por enquanto estou aprendendo sozinho mesmo, utilizando o método do Chumbinho, aquele de capa azul, é mt bom! Meu avô era um mestre msm né, queria que ele tivesse vivo pra me ensinar pessoalmente, imagine que maravilha! (...) Estou te escrevendo pq li os artigos em que vc cita meu avô e fico muito orgulhoso disso! (...) Bom, é isso! Parabéns pela ótima coluna que vem escrevendo no site, agora eu o visito sempre, pra ler seus artigos!"

2 comentários:

Nerval Filho disse...

bonito...

Junnera disse...

Começei o estudo de Batera com o método de "capa azul" (Toque Bateria - Ricordi - CLAM), também. Aliás milhares de bateras do Brasil e do mundo! Parabéns!