sexta-feira, 31 de julho de 2009

Para todos os gostos

É claro que a noite paulistana é cheia de atrações, e eu só consigo mostrar, de vez em quando, alguns dos muitos shows que acontecem na cidade. E me esforço em mostrar aqui só o melhor (pelo menos musicalmente). Esta sexta vamos aos dois extremos.

Pra quem gosta de jazz brasileiro, o Trio Corrente, com Edu Ribeiro na bateria, convida Hamilton de Holanda. Vai acontecer no Ao Vivo Music Bar (R. Inhambú, 229).

Pra quem gosta de metal, Almah (com Marcelo Moreira na bateria) e Illustria (com Nina Pará na bateria) tocam hoje no Manifesto Rock Bar (R. Iguatemi, 36C).

Divirtam-se!

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Workshop de Igo Sanuza

Sábado, 1/8, acontecerá um workshop de vassourinhas com Igo Sanuza em São Paulo. O evento acontecerá no estúdio de Nina Pará, em duas turmas: uma às 10h, outra às 14h. O workshop dura três horas.

O valor das inscrições é de R$90 e as vagas são limitadas, já que haverá um instrumento para cada aluno.

Mais informações pelo telefone (11) 9643-9903 ou pelo e-mail aulas@ninapara.com.br.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

II Encontro de Bateras
























Olha lá, galera! O próximo vai rolar dia 30, quinta que vem. O local é o mesmo (Hangar 110, Rua Rodolfo Miranda, 110, São Paulo).

Nos vemos lá.

terça-feira, 21 de julho de 2009

SuperOverDrive para download

O SuperOverDrive é um power trio de fato, formado por três dos mais renomados músicos da cena rock brasileira. O baterista André Gonzales, o guitarrista Ricky Furlani e o baixista Andrés Zúñiga se reuniram para criar músicas sobre um conceito, o "internal drive", ou a força interior que guia as relações do homem com seu meio.

As letras falam sobre os paradoxos do ser humano, a maneira como ele se deixa guiar tanto por amor quanto por ódio. O primeiro single, "The Gentle and the Madman", mostra este direcionamento das letras, assim como o som denso e trabahado do trio.

Este primeiro single está disponível para download de graça no site da banda. O CD está quase pronto e será lançado em breve.

Leandro Lui e Nelton Essi tocam em São Paulo

Hoje, 21/7, Nelton Essi e Leandro Lui se apresentam no Ton Ton Jazz (Al. dos Pamaris, 55, em São Paulo). O programa começa às 21:30 com o Grupo Express e sua comédia Stand-Up.

Às 22:30 Lia Figueiredo sobe ao palco acompanhada de Nelton Essi (bateria), Paulo Nogueira (piano) e Mauro Domenech (contrabaixo).

Às 23:30 Marisa Takano mostra o concerto para clarinete de Artie Shaw, acompanhada de Leandro Lui (bateria), Mauro Domenech (contrabaixo) e João Candeloro (piano).

Para fechar a noite, às 23:45 o Belle Quarteto toca a suíte para Flauta e Jazz Piano, de Claude Bolling. O Belle Quarteto é formado por Leandro Lui (bateria), Mônica Camargo (flauta), Mauro Domenech (contrabaixo) e João Candeloro (piano).

O couvert fica em R$12.
Mais informações pelos telefones (11) 3804-0856 ou (11) 3804-0857, ou pelo site do Ton Ton.

sábado, 18 de julho de 2009

Baterista inglês tenta recorde

Os ingleses, sempre inventando coisas novas, não é? Desta vez, um novo maluco destes vai tentar quebrar o recorde da mais longa maratona de bateria. O baterista freelance Phil Knight, de Londres, vai montar seu equipamento num palco no meio da Leicester Square Gardens e mandar ver a partir de amanhã, 19/7. Ele tem permissão de parar por cinco minutos a cada hora pra comer e ir ao banheiro. O recorde atual é de cento e duas horas e quarenta e nove minutos, o que equivale a mais de 1.800 músicas regulares.

Phil está fazendo isto pra levantar fundos para a Helen Bamber Foudation, uma instituição de caridade que atende mulheres vítmas de estupros, genocídios e outras violações dos direitos humanos.

E nós, do www.OBaterista.com, estamos acompanhando a batalha deste baterista.

Link da matéria aqui (em inglês).

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Expectativa para o Batuka

E aí, tudo pronto pro Batuka!?

Já estou no Auditório Ibirapuera onde, amanhã e domingo, acontece o evento. Muita gente interessante vai tocar, muita coisa legal vai rolar. Mas minha diversão principal é acompanhar a movimentação no backstage.

Acabo de acompanhar a passagem de som de Daniel Oliveira (nota pra c*!), e passo a tarde aqui acompanhando as outras passagens e, se tudo der certo, entrevisto as atrações internacionais Zoro e Clayton Cameron, e o Tribores. Se não der tudo certo...

E eis aqui mais uma maravilha da internet wireless: este post está sendo feito de uma das cadeiras do auditório, usando o acesso gentilmente cedido pelo Daniel (leia-se "daqui esta merda!"). E, mais uma vez, se tudo der certo, outras postagens acontecerão durante o evento. Mas isso não é algo em que se apostar.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Hardcore Drum Day em Curitiba

Acontecerá, dia 18/7, às 13h, no auditório da Drum Shop em Curitiba (R. Desembargador Westphalen, 656), o Hardcore Drum Day, com participações de (ex-Dead Fish) e André Dea (Sugar Kane). A entrada é 1Kg de alimento não perecível. Mais informações pelo telefone (41) 3322-5462 ou pelo site da Drum Time.

terça-feira, 14 de julho de 2009

582 bateras reunidos na Inglaterra

Um total de 582 bateristas se reuniram no National Indoor Arena, em Birmingham (Inglaterra), para quebrar (ou "esmagar", como disse o organizador Craig Glover) o recorde anterior, de 533 bateristas reunidos nos EUA. Craig também disse: "Foi absolutamente fantástico! Todos se divertiram pra valer, foi um clima muito bom. Fizemos um groove de rock simples e tocamos por pelo menos 10 minutos".

A motivação do evento foi levantar fundos para a Multiple Sclerosis Society (que combate a esclerose múltipla), e conseguiram atingir a marca de 20.000 libras arrecadadas.

Participaram bateristas de todas as idades e de todas as partes do Reino Unido, incluindo Don Powell, baterista do Slade e o ator John Thomson, que atua em séries da televisão britânica.

Notícia original aqui (em inglês).

E um dos vídeos que estão rodando no YouTube:



Agradecimentos a Felipe Drago (nosso correspondente nos Pubs londrinos) pela notícia.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Festival Musical de Inverno Bateras Beat Santos

Aconteceu sábado, 11/7, o primeiro de três workshows do Festival Musical de Inverno Bateras Beat Santos. Apesar da chuva que insistiu em cair durante todo o sábado, muita gente esteve presente no Estúdio G para ver Michelle Abu, Fernando Faustino e Renatinho Trielle quebrando tudo.

O primeiro no palco foi Fernando Faustino, professor do Bateras Beat de Santos e muito respeitado na baixada. Ele tocou em cima de playbacks de temas clássicos da bateria, incluindo Rush, Dream Theater e uma música de Simon Phillips, e falou sobre a importância de manter uma rotina de estudos.
















Logo em seguida, Michelle Abu veio mostrar toda a experiência e diversidade de sua música. Natural de Salvador, onde sempre estudou e trabalhou com os ritmos tradicionais, ela já tocou na turnê do acústico do Ira! e nas bandas de Margareth Menezes e Wanessa Camargo. Hoje ela toca rock instrumental com o Menáge, na banda de Edgar Scandurra, Benzina, e mostra seu lado compositor com a guitarra no Reféns.

Sábado, ela começou na bateria, fundindo ritmos brasileiros e muito rock'n'roll.

















Passou para o zabumba com a propriedade de quem já tocou muito nas festas de São João do Nordeste.

E ainda atacou nos atabaques, mostrando fluência e musicalidade.






















Logo em seguida, subiram ao palco Renatinho Trielle, da banda Mekanica, e seu parceiro e tecladista Téo. Juntos com Michelle, fizeram uma verdadeira jam session de improviso, muito musical e livre.

















Para encerrar a tarde, o Grupo de Maracatu Sem Pantim mostrou um pouco do Brasil "que o Brasil não conhece", e também contou com a participação de Michelle.
















Aguardem: dia 25/7 tem Dino Verdade e Xande Tamietti, e em 1/8 Jean Dolabella e Augusto Nogueira mostram o som do Indireto.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Uma amostra de Christiano Rocha

Este singelo vídeo foi gravado por Christiano Rocha, a pedido de uma conhecida revista de bateria que publicará uma matéria a respeito dos Artistas da Bateria Brasileira ("Drumset Artists of Brazil") na edição de agosto/09.

São trechos do trabalho de Christiano, que podem ser encontrados em seu álbum solo "Ritmismo" e em seu livro "Bateria Brasileira". E que ele toca sempre que tem chance. Divirtam-se!

terça-feira, 7 de julho de 2009

Festival Musical de Inverno Bateras Beat Santos - SP

Começa este sábado, 11/7, o Festival Musical de Inverno Bateras Beat Santos. Os shows e workshops acontecerão no Estúdio G (R. Dr. Carvalho de Mendonça, 80, Santos - SP).

Neste primeiro fim de semana os convidados são Michelle Abu (baterista e percussionista, gravou Ira! Acústico, trabalha com Edgar Scandurra, Totem (de André Jung) e trio Ménage), Renatinho Trielle (Mecanika!) e Fernando Faustino (solo).

Dia 25/7, Dino Verdade e Xande Tamietti (Pato Fu) farão o barulho. E dia 1/8, aguardem: Jean Dolabella (Sepultura) vem aí.

Mais informações pelos telefones (13) 3323-0465 ou (13) 3324-4600.

Valmir Pêgas em Curitiba

Valmir Pêgas se apresenta todas as terças de julho, das 19h às 22h, com Emmanuel Bach na guitarra e Boldrini no baixo acústico no Original Beto Batata (R. Prof. Brandão, 678 - info (41) 3262-0840). Ingresso R$4.

E no sábado, dia 11/7, Valmir e Boldrini acompanharão o guitarrista Djalma Lima no Blues Velvet (R. Trajano Reis, 314 - info (41) 3538-3275). Ingresso R$10.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Morre Jim Chapin

Morreu, em 4 de julho, em Nova York, o baterista e professor Jim Chapin, uma das lendas do jazz do século XX e grande divulgador do método Moeller.

Nascido James Forbes Chapin, em 23 de julho de 1919, além de excepcional baterista, foi um grande educador. Estudou com Sanford A. Moeller, o criador do método Moeller, que combina uma variedade de técnicas para aumentar velocidade, força e controle, e ao mesmo tempo oferecer flexibilidade para o baterista aplicar notas com acentos onde quiser. O próprio Jim deu aulas desta metodologia a grandes bateristas como Dom Famularo, Thomas Lang e muitos outros, durante seus mais de 60 anos de carreira.

Apesar de não ser tão popular quanto Gene Krupa, seu amigo e também praticante do método Moeller, Jim era muito respeitado no meio baterístico, em especial por seus livros "Advanced Techniques for the Modern Drummer", vol. 1 e 2, conhecidos como "o estudo definitivo de coordenação de independência".

Seu legado para a bateria é dos mais densos e seu gosto pela vida e pela música precisam ser lembrados, de maneira a nos inspirar e fortalecer.

Saiba mais aqui e aqui (ambos em inglês).

sexta-feira, 3 de julho de 2009

11º Batuka! Brasil International Drum Fest

Nos dias 18 e 19 de julho o Auditório Ibirapuera (São Paulo) receberá o 11º Batuka! Brasil International Drum Fest, um dos grandes festivais de bateria do mundo. Este ano a programação inclui os bateristas Daniel Oliveira, Vera Figueiredo e Grabriel Martins, os percussionistas Julio Cesar e Edgar Silva, o grupo de percussão Tribores e os bateristas norte-americanos Zoro (Lenny Kravitz) e Clayton Cameron (Tony Benett).

Desde sua primeira edição o festival já recebeu ícones da música nacional, entre eles Zimbo Trio, Pedro Mariano, Caju e Castanha, Banda Mantiqueira, Daniel Baeder, Cuca Teixeira, Paulo Zinner e João Barone, sempre destacando a importância destes artistas na construção da biografia cultural brasileira.

Os convidados estrangeiros pontuam a diversidade que o brasileiro aprecia e é de grande valia aos estudantes de música e ao público geral. Entre os convidados internacionais que já passaram pelo Batuka! Brasil estão Jim Chapin, Dave Weckl, Dom Famularo e Virgil Donati.

O Concurso Nacional de Bateristas, parte integrante da programação, nasceu para revelar novos talentos, e o tem feito com sucesso. Entre os vencedores estão bateristas como Rafael Barata (Edu Lobo, Ângela Rô Rô), Igor Willcox (Família Lima) e Sandro Moreno (Zé Ramalho, Tetê Espíndola).

Será nos dias 18 e 19/7, a partir das 17h.
Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Parque do Ibirapuera - São Paulo)

Ingressos:
Ticketmaster ou (11) 2846-6000
R$30 (inteira) R$15 (meia)

PROGRAMAÇÃO

Sábado - 18/7

Zoro (USA) - Os Mandamentos do R&B (workshop)
Gabriel Martins - vencedor do Batkinha! 2003 (performance)
Batuka! Masters - revelando talentos (concurso)
Daniel Oliveira - bateria contemporânea e Piazzola (performance)
Julio Cesar - percussão brasileira (pocket show)
Clayton Cameron Jazz Trio (USA) - show

Domingo - 19/7

Clayton Cameron (USA) - O mestre das vassourinhas (workshop)
Edgar Silva - A Tabla Indiana (performance)
Vera Figueiredo Quarteto - Soul Brasileira (show)
Tribores - A Percussão além do acompanhamento (pocket show)
Zoro (USA) - The Drummer (show)

Informações: (11) 3834-3509 ou 3672-5662 ou info@batukabrasil.com

Sobre bateria Gospel

Dia 19/7, domingo, acontecerá um workshop de Alexandre Aposan (Oficina G3) e um show com Fábio Porpeta (Gildo de Carvalho, Priscilla Alcântara). O evento acontecerá na Av. João B. M. de Moraes, 1617, em Osasco (SP). Custa R$5 e você pode obter mais informações e fazer reservas pelos telefones (11) 8655-4106 ou (11) 3605-5880.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Mingo Jacob é o entrevistado da quinzena

Mingo Jacob é um pesquisador da percussão que resiste no interior das regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, que engloba as catiras, guarânias, cururus, reizadas e inúmeras outras expressões. Ele aplica muito dessa pesquisa nas músicas do Matuto Moderno, que lança o álbum “Empreitada Perigosa”, fazendo releituras de clássicos da viola à maneira do Matuto, juntando a viola de Ricardo Vignini e a percussão de Mingo à bateria de Ricardo Berti, o baixo de Marcelo Berzotti e a guitarra de Alex Mathias.

Rogério Bastos é um baterista trabalhador e batalhador de São Paulo, que sabe que a diversidade é a melhor maneira de se fazer boa arte e se destacar no mercado.

Você conhece bateristas como Luciano Perrone, Edison Machado, Milton Banana, Wilson das Neves? Não? Pois saiba que, sem eles, não teríamos a nossa linguagem de bateria, tão característica. Quem conta essa história é Alex Buck.

Orkut // MySpace // Twitter

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Lançamento do álbum "Verde", do Jalapeño

Pedro Prado (bateria, samples, loops), Paulo Kishimoto (guitarras e teclados) e Gustavo Mazon (baixo e synths) lançam o álbum Verde, amanhã, dia 2/7, no Bar do Zé, em Campinas (SP). Fica na Av. Albino J. B. de Oliveira, 1325, e custa R$7.