quinta-feira, 29 de abril de 2010

Simone Sou e Oleg Fateev

Nós conhecemos bem Simone Sou e seu trabalho: baterista, percussionista, criativa, pesquisadora de ritmos brasileiros e do mundo, ela busca adaptar a percussão a uma realidade baterística. Segundo James Muller, "ela solta ritmo por todos os poros".

Oleg Fateev é algo inusitado. Natural da Moldavia (leste europeu) e radicado na Holanda desde 1986, seu instrumento é o bayan, um acordeon russo típico, e sua música inclui os compassos ímpares e melodias dramáticas próprias da música russa.

Os dois tocam juntos várias datas em São Paulo, fazendo um repertório baseado no álbum "Dreams", de Oleg. Começa hoje (29) e amanhã (30) no Centro Cultural São Paulo (R. Vergueiro, 1000). Dia 4/5 eles tocam noGrazie a Dio (R. Girassol, 67). Dia 6 no Eazy Club (Av. Marques de S. Vicente, 1767). Dia 7 no Teatro Centro da Terra (R. Piracuama, 19). E dia 9 no Teatro do Instituto Brincante (R. Purpurina, 428).

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Tenderly, na versão de Azael Rodrigues

O primeiro linear multimedia de Azael Rodrigues: música, rádio, artes plásticas e vídeo construindo uma única obra.



Azael Rodrigues, depois de tocar bateria, produzir e lecionar como poucos, abre mais uma porta em sua carreira artística. Este vídeo é sua primeira aventura unindo vídeo e música. E ainda mostra-se um grande contador de histórias!

É claro que ele já passou diante de nossas câmeras. Cheque aqui.

Alê Damasceno toca com Jane Mara

Alê Damasceno toca hoje com a cantora Jane Mara, apresentando o show "Celebrando Dorival Caymmi", comemoração que o All of Jazz (R. João Cachoeira, 1366) faz pelos 96anos que o compositor comemoraria em 30/4. No repertório, sucessos como "Marina", "Marcangalha", "Suite dos Pescadores" e "Só louco", entre outras. Na banda também estão Jonas Dantas (piano), Thiago Alves (baixo) e Lucas Macedo (sax).

terça-feira, 27 de abril de 2010

Matéria com Bruno Silveira

Na tarde de hoje gravei matéria com o baterista Bruno Silveira, que toca na Black Rio e na Samba de Vitrola. Foi uma matéria muito legal, muito produtiva e cheia de boas surpresas. Bruno é um batera musical, suingueiro, preciso e seguro.

E algo divetido: pro seu solo, ele gravou um loop de tamborim pra acompanhar. Quando ouvíamos a mix final da gravação, ele contou que gravou aquele tamborim dentro de seu carro, na madrugada da véspera! "O carro, de madrugada, vira um verdadeiro estúdio", disse Bruno!

domingo, 25 de abril de 2010

O Brasil é aqui

O projeto O Brasil é Aqui será encerrado com a masterclass de Christiano Rocha, "Abrindo o Jogo", nesta segunda-feira, dia 26, às 20h, no Instituto de Bateria Vera Figueiredo (R. Ministro Ferreira Alves, 646). Os interessados devem entrar em contato com o IBVF pelo e-mail ibvf@verafigueiredo.com.br ou pelos telefones (11) 3864-3509 ou (11) 3672-5662. As vagas são limitadas e o valor da entrada é R$ 20,00.

Dê um nome para o ônibus do Hangar

A banda Hangar e o programa Stay Heavy convidam pra promoção: "Dê um nome para o ônibus do Hangar". Escreva pro e-mail contact@hangar.mus.br colocando no assunto "Promoção ônibus do Hangar" e no corpo do e-mail sua sugestão de nome para o ônibus da banda. O ganhador da promoção acompanhará a banda na viagem São Paulo/Caraguatatuba (ida e volta) no dia 22/5/2010, e assistirá ao show do Hangar na Virada Cultural Paulista, ao lado do Sepultura. Além de ter acesso aos bastidores do show e passagem de som, o ganhador terá todas as despesas de hospedagem e alimentação pagas pela banda. Serão aceitos e-mails entre os dias 26/04/2010 e 15/05/2010. O resultado será divulgado no site da banda no dia 17/05/2010.

Regras da Promoção:
* Somente pessoas maiores de dezoito anos podem participar.
* O ganhador é responsável pelo seu transporte até São Paulo, caso more em outra cidade ou estado.
* Se o nome escolhido pela banda for sugerido por mais de um participante a banda fará um sorteio internamente para a escolha do ganhador.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Cesar Machado no Triboz

O baterista Cesar Machado se apresenta neste sábado, 24/4, a partir das 21h, no TribOz (R. Conde Lages, 19, Rio). Junto com ele tocam João Carlos Coutinho ao piano, Adriano Gifoni no baixo e Marcelo Nami na guitarra. O show se baseia em seu terceiro disco solo, homônimo. O couvert é de R$20, e é possível fazer reservas pelo telefone (21) 2210-0366.

Cesar é um prolífico e experiente baterista carioca. Já atuou com Nana Caymi, Elizeth Cardoso, Leni Andrade, Leila Pinheiro, Cauby Peixoto, Ithamara Koorax e Maria Creuza, no Brasil e no exterior. Foi professor na Univcersidade de Música de Berlin (Alemanha), trabalhou com a Orquestra Sinfônica Brasileira e gravou com muitos outros músicos de peso: Aécio Flávio, Raul de Souza, Eumir Deodato, Paquito di Rivera, Vitor Biglione e Mário Castro Neves, entre outros.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Show TrincadiCabum

No aquecimento pra arrecadar fraldas no fim de semana, o TrincadiCabum se apresenta nesta quinta, 22/4, às 20h, na Fundação das Artes de São Caetano do Sul (SP). O grupo se vale de materiais já existentes, obras inéditas, obras dedicadas a eles, algumas adaptadas e arranjadas para o grupo e obras de autoria própria. O grupo é composto por Ale Damaceno, Leandro Lui e Nelton Essi. O show será no Teatro Timochenco Wehbi (R. Visconde de Inhaúma, 730 - Informações: (11) 4238-3030).

terça-feira, 20 de abril de 2010

Fraldas, fraldas, fraldas...

Primeiro, o anúncio: agora sou papai de gêmeos. Eu e minha esposa Luciana recebemos a Mariana e o Pedro terça passada, de madrugada. Umas graças!

Daí, o Leandro Lui, o Alê Damasceno e o Nelton Essi - o TrincadiCabum - vão fazer um workshop de fraldas* neste sábado, dia 24/2, no Centro Musical Morumbi. A entrada será um paconte de fraldas, de qualquer marca ou tamanho, pra cobrir as partes dos dois novos bateristas mirins que chegaram ao mundo. No programa, o TrincadiCabum vai apresentar composições do grupo e falar das técnicas que usam para compor e executar as peças.

Vai rolar no Centro Musical Morumbi, dia 24/4, às 10h.
Av. Prof. Francisco Morato, 1434.
Entrada: 1 pacote de fraldas.


E eu agradeço as fraldas!

Jarbas Mariz e banda

O cantor, compositor e músico Jarbas Mariz integra a banda de Tom Zé e mantém sua carreira paralela. Agora ele lança o show "Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei do Ritmo", em homenagem ao grande mestre. Os shows acontecem no SESC Santo André, sempre às terças, às 20h, nos dias 20 e 27/3, e 4, 11 e 18/5. E a banda não é fraca: Zazá Amorim no baixo, Betinho Sodré na percussão, Lulinha Alencar na sanfona, Éder Sandoli na guitarra e o grande Renato Lellis na bateria.

Encontro de Bateras 2010

O Encontro de Bateras retoma as atividades em 2010. Será dia 29/4, no Hangar 110 (R. Rodolfo Miranda, 110), a partir das 18h. A entrada é franca e honesta, e todos que quiserem podem levar suas baterias e tocar com a galera.

E há novidades no programa. Agora, além derolar aquele batuque coletivo, em cada encontro um grande batera se apresenta, mostrando trabalhos novos e relevantes. Dia 29 a bagunça é por conta de Xande Tamietti e Bill Meirelles, que apresentam seu projeto Knobya, que faz versões reixadas ao vivo de sucessos da música pop e dançante. Xande quebra tudo na bateria, Bill quebra tudo nos efeitos e manipulações.

domingo, 18 de abril de 2010

Pegue esse Groove - 6

Dessa vez ele mandou muito bem: Gerson Lima Filho mostrando o groove de "Glamour Boys", o sucesso que mostrou a banda Living Colour ao mundo, e colocou o baterista Will Calhoun na mídia. Aliás, um baterista de outro mundo, com uma pegada e uma musicalidade fora de qualquer escala!



Valeu Gerson!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Leandro Lui no OBaterista.com

=> Para tocar no musical "Cats", Leandro Lui precisa, acima de tudo, gostar – muito – de tocar bateria.
=> Bruno Balan faz uma análise estratégica do que é preciso fazer para criar e manter uma carreira na música.
=> Alaor Neves mostra um último groove arrasador passeando pela bateria com frases de 5 e 3 notas.
=> Nenê dos Santos fala da levada de O Mérito e o Monstro, música d'O Teatro Mágico.

É de clicar.


www.OBaterista.com
Aqui o Baterista fala de verdade.

Orkut - MySpace - Twitter

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Triálogo terça de graça

O Triálogo, formado por Pércio Sápia (bateria), Débora Gurgel (piano) e Itamar Collaço (baixo), toca de graça nesta terça, dia 13/4, no Ao Vivo Music (R. Inhambú, 229). No show, o grupo toca composições que farão parte do próximo CD do grupo, algumas faixas do primeiro CD e novos arranjos pra clássicos da música brasileira. Tem muito improviso, a Débora é um fenômeno ao piano, o Itamar é dono de uma técnica impressionante... E há Pércio Sápia: musical, elegante, seguro, técnico. Em uma palavra: impecável.

RdT

O Fernando Baggio está na entrevista do site essa quinzena, e aqui está algo de prévio do próximo lançamento do seu trio RdT.

sábado, 10 de abril de 2010

Leandro Lui e a bateria dos musicais

Essa semana estive no Teatro Abril pra entrevistar Leandro Lui, o baterista dos musicais. Conheci o "quartinho" em que ele toca sete vezes por semana no musical "Cats", vi seu set super completo e o caderno de partituras, imenso. Estive até em cima do palco! (Mas não é permitido tirar fotos ou filmar ali, vocês terão de confiar na minha palavra)

Essa foi uma aventura muito legal, e o Lui deu uma entrevista ótima. Vocês a verão no site dia 16/4. Além do musical, Lui fala também do TrincadiCabum, trio de baterias que ele mantém com Alê Damasceno e Nelton Essi.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Ramon Montagner na área

Amanhã tem São Paulo Ska Jazz, com Ramon Montagner quebrando tudo, no Jazz nos Fundos, em São Paulo. A banda mistura jazz e ska e está lançando seu primeiro CD. No repertório do show também há versões bem diferentes de sucessos da música pop.

E sábado ele toca com Clara Moreno no Tom Jazz, que também lança seu CD. Nesse show, a onda é o sambalanço, e a banda ainda tem João Cristal no piano, Paulinho Malheiros no trombone, Michele Abu na percussão e Marinho Andreotti no baixo acústico.


Pra completar, há uma série de workshops sobre a música brasileira acontecendo no Instituto de Bateria Vera Figueiredo, sempre às segundas. Ramon faz o seu na segunda, dia 12/4. Dia 19 tem Edu Ribeiro, e dia 26 tem Christiano Rocha. Coisa fina!

terça-feira, 6 de abril de 2010

Pegue Esse Groove - 5

Mais uma aula com a independência e musicalidade de Grson Lima Filho. Curtam:

domingo, 4 de abril de 2010

Arte e Vida

Este é o título de uma matéria publicada hoje no Caderno 2 Domingo, do jornal O Estado de São Paulo, a respeito da obra e opiniões da pianista portuguesa Maria João Pires. A matéria é assinada por João Luiz Sampaio.

Maria João Pires nasceu em Lisboa, em 1944, e aos 5 anos de idade deu seu primeiro recital. Completou seus estudos na Alemanha, tem Mozrt, Schubert e Beethoven como bases de seu repertório e é celebrada como uma das maiores pianistas da atualidade, uma das mais requisitadas e aplaudidas. E nesta segunda ela se apresenta na Sala São Paulo.


Pois bem: as opiniões da pianista são francas e desconcertantes, e acho muito importante que nós, músicos e aspirantes, leiamos essas opiniões. "O comércio da música nada tem a ver com a arte", é o primeiro tapa com luva de pelica. Sua relação pessoal com a música não é algo de comercial. "A música tem um lado sublime que nos ajuda a entender e ultrapassar nossas limitações, em especial a nossa dificuldade de encontrar harmonia".


Sua postura com relação à formação musical é também muito interessante. Ela defende "a ausência de rigidez, de uma introdução intelectualizada à arte. Há gente que seduz o aluno, para que ele toque e seduza o público, impressione o pai, a professora. A arte assim perde a força, não transforma".


Mas a ausência de rigidez não implica falta de disciplina: "Na música e na vida, a disciplina é o princípio da liberdade. Temos de aceitar nossos limites. A gente nasce e morre, não pode voar, os limites estão aí. Mas, dentro deles, há espaço para a transformação. A música não precisa ser uma finalidade, mas um caminho. O importante não é formar grandes músicos e sim seres humanos que entendam como a arte pode ajudar".


Ela continua: "Fazer música é sentir-se parte de alguma coisa, de uma comunidade, é reencontrar valores perdidos. (...) Fazer música é recuperar esse universo perdido [do sonho], encontrar a si mesmo e ao outro. Estar junto é aceitar a diferença - e por isso não concordo com o estudo solitário. Ele leva à solidão e isso é para mim uma temeridade".


Eu e este site concordamos plenamente com Maria João Pires. E aplaudimos em pé.

sábado, 3 de abril de 2010

Fernando Baggio no OBaterista.com

=> Com muita dinâmica e uma intesna pesquisa de timbres, Fernando Baggio expressa sua musicalidade original, muito bem aplicada no trio de jazz RdT.
=> A cidade de Cruzeiro, meio caminho entre São Paulo e Rio, é palco para Julio Bittencourt, um baterista que acredita na beleza da música.
=> Alaor Neves mostra mais levadas matadoras: desta vez, vamos variar as dinâmicas.
=> Nenê dos Santos explica detalhes da levada de "Abaçaiado", múdica d'O Teatro Mágico.

Clica lá!
www.OBaterista.com
Aqui o Baterista fala de verdade.

Orkut - MySpace - Twitter

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Outra entrevista

Estou midiático estes dias... Há mais uma entrevista comigo publicada, desta vez on line. Está no site do Daniel Batera, e ficou bem legal também. Acessem!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Hoje tem Jimmy Duchowny em BH

O baterista Jimmy Duchowny faz hoje, em Belo Horizonte, (MG), mais uma de suas Jazz Nights. Hoje, ele e o clarinetista e saxofonista Nik Payton convidan o guitarrista e vocalista Mark Lambert para fazer um repertório de sucessos do "Great American Songbook", de Cole Porter e os irmãos Gershwin, além de algumas pérolas do pop americano vestidos a la Carmem Miranda (isto é, bem brasileiras). Será no Automóvel Clube de Belo Horizonte (Av. Afonso Pena, 1394). Recomenda-se fazer reservas pelo telefone (31) 3222-5416.